Dica de livro: Pai Rico, Pai Pobre

7 LIÇÕES COM O LIVRO “PAI RICO, PAI POBRE”

Ler deve ser um hábito importante na vida de qualquer profissional que pretende evoluir na carreira. Além de aumentar o conhecimento, ajuda a manter a motivação e a conseguir novas ideias de negócios.

O livro “Pai Rico, Pai Pobre é uma excelente obra de Robert Kiyosaki e Sharon Lechter e tem como objetivo ensiná-lo a lidar com o dinheiro e buscar a independência financeira através de uma boa gestão do dinheiro ou através da criação do seu próprio negócio.

Durante a obra, os dois autores passam conselhos bastante valiosos e que podem mudar claramente a sua maneira de olhar para o dinheiro. O livro contêm dicas bastante valiosas para quem necessita ter um boa gestão financeira e saber organizar o seu dinheiro de forma inteligente.

  1. ESTUDE SOBRE GESTÃO FINANCEIRA

Saber investir no negócio certo, é saber colocar o dinheiro a trabalhar para si mas acima de tudo é aprender a gastar /investir o dinheiro. Durante o livro, Robert Kiyosaki fala sobre a questão dos ativos e dos passivos, o que é algo bastante interessante. No fundo, ativos é aquilo que gera fluxo de renda para o seu orçamento mensal e passivo é o que todos os meses retira dinheiro do seu orçamento. Ativo é o que você recebe do cliente ou que você recebe de um programa de afiliados, por exemplo. Por outro lado, passivo é tudo aquilo que retira dinheiro do seu orçamento, como o carro e a casa. Logo com este conceito, o autor quebra uma ideia que muitos de nós temos sobre a nossa casa ou carro: Eles são passivos e não ativos. Se pensarmos de forma lógica, isso é verdade, visto que ativos é tudo aquilo que poderá gerar algum fluxo para o nosso orçamento. Carro e casa apenas desvalorizam e deixam-nos em maus lençóis quando o nosso orçamento diminui.

  1. SAIA DA CORRIDA DE RATOS

Durante o livro, Kiyosaki fala muitas vezes sobre a “Corrida de ratos”. De uma forma bastante resumida, este conceito explica o que aquilo que grande parte das pessoas faz: começa por receber os seus primeiros salários, compra uma casa, um carro e endivida-se. Depois é aumentado, e compra uma casa e um carro ainda melhores e assim sucessivamente. Por isso, acabam sempre ganhando mais e gastando mais, chegando ao final das suas vidas com muito pouco dinheiro colocado de parte. Pessoas que iniciam a sua carreira profissional e pensam logo em gastar esse dinheiro na compra de uma casa ou de um carro. O que Kiyosaki aconselha é que analise bem as suas compras e veja se tem necessidade de investir em passivos que na realidade parecem ativos.

  1. TRABALHE PARA SI

Existe uma regra: se quiser ter rendimentos elevados, trabalhe para si. De fato, esta regra faz todo o sentido e basta o leitor olhar para a lista dos homens mais bem sucedidos do mundo para perceber isso. Como o autor explica, quando você trabalha para alguém acaba por dar grande parte do valor que você cria para o dono da empresa. Não seria muito mais útil investir o seu tempo em algo que lhe traga melhor retorno? Você já fez as contas, de quanto terá dado para a empresa no final da sua carreira?

  1. APROVEITE O TEMPO

O tempo é um dos recursos mais explorados por Robert Kiyosaki no livro “Pai Rico, Pai Pobre”. O autor aconselha que saiba aproveitar o tempo a seu favor. Leia novos livros, vá a seminários e tente aprender com os melhores em vez de sentar na frente de televisão e esperar que as horas passem. Esta ideia não está relacionada com o fato de apenas ser mais produtivo no trabalho mas sim de aproveitar o seu tempo livre com assuntos mais interessantes e relevantes para o seu negócio.

  1. O QUE APRENDE NA ESCOLA DE POUCO SERVIRÁ

O livro é criado a partir da história de um jovem que tem “dois pais”: um rico e outro pobre. Enquanto que o pai rico ensina o jovem desde cedo ter iniciativa própria, a gerar os seus próprios rendimentos e a estudar além daquilo que é ensinado no ensino convencional, o pai pobre diz ao filho para estudar muito e conseguir um bom emprego. No final, o pai rico acaba por ir aumentando os seus rendimentos enquanto o pai pobre acaba com muito pouco a nível financeiro. A ideia que o autor transmite não é que a educação convencional de pouco serve, mas sim que deve estudar muito além disso. O que a escola ensina apenas dará uma noção breve sobre o que é necessário para ter uma carreira de sucesso. O resto do conhecimento é aprendido em livros e na sua própria experiência durante o trabalho.

  1. ESTUDE AS LEIS

Todos os profissionais que pretendem ter o seu próprio negócio precisam saber tudo sobre leis. Por mais que você não goste, este é um conhecimento obrigatório, que poderá permitir poupar centenas de reais todos os meses. Robert Kiyosaki explica que este é mesmo um conhecimento essencial e que grande parte dos seus investimentos tiveram sucesso porque o autor conhecia as leis.

  1. SUPERE O MEDO DE INVESTIR

Grande partes das pessoas aprende apenas a poupar e nunca a investir. A palavra “investir” por norma tem um sentido negativo, estando normalmente associada a “perder dinheiro”. No livro, o escritor explica que “apenas poupar” é um dos maiores erros que um profissional pode cometer.

A inteligência financeira é simplesmente ter mais opções. Se as oportunidades não aparecem à sua frente, que outra coisa você pode fazer para melhorar sua posição financeira? Se uma oportunidade lhe cai do céu, e você não tem dinheiro, e o banco não lhe dá atenção, o que mais poderia fazer para essa oportunidade trabalhar a seu favor? Se seu palpite é errado e o que você esperava não acontece, como pode transformar um limão em milhões? Isso é inteligência financeira. Não é tanto o que acontece, mas quantas soluções financeiras diferentes você pode imaginar para transformar um limão em milhões. E a sua criatividade a serviço da solução de problemas financeiros.

A maioria das pessoas só conhece uma solução: trabalhar arduamente, poupar e levantar empréstimos.
Então, por que você quer aumentar sua inteligência financeira? Porque você quer ser o tipo de pessoa que cria sua própria sorte. Você pega o que quer que aconteça e o torna melhor. Poucas pessoas percebem que a sorte é criada do mesmo modo que o dinheiro. E se você quer ter mais sorte e criar dinheiro em lugar de trabalhar arduamente, então sua inteligência financeira é importante. Agora, se você é o tipo de pessoa que fica à espera de a coisa “certa” acontecer, pode esperar muito tempo.

E você, já leu o “Pai Rico, Pai Pobre”?

 

Beijos, Daniela Scaion.

Master Coach com formação em Administração de Empresas com experiência de 16 anos em Setor Financeiro e Consultorias Empresariais com ênfase em Processos e Pessoas.

 (16) 991877408 – WhatsApp

contatodanielascaion@gmail.com

 

Me siga no Instagram: @danielascaion_siyantia

Curta a Fan Page: https://www.facebook.com/danielascaion/

Se inscreva no canal do Youtube:  goo.gl/z9Ey16

Me siga Soundcloud: https://soundcloud.com/danielascaion

Dicas para desenvolver o amor próprio

 

Faça uma lista das suas realizações

Todas nós temos uma lista de tarefas preenchida com todas as coisas que precisamos fazer. Que tal criar uma lista de todas as coisas que você já realizou? Todos devem manter uma lista atualizada de suas realizações. Isso tem vários benefícios, como:

– Fará você lembrar do quanto você conseguiu;

– Ajudará você a sentir orgulho e admiração por si mesma;

– Sentir-se bem consigo mesma certamente ajudará você a se amar mais.

 

Desenvolva hábitos positivos

Como alguns deles:

– Meditar;

– Passar mais tempo com a família;

– Se alimentar melhor;

– Fazer exercícios.

Ame-se mais desenvolvendo hábitos positivos e cuidando muito bem de você!

 

Aprenda a ter empatia e torcer por si mesma

Nossa voz interior pode ser um mestre crítico e exigente. Nós falamos para nós mesmas usando palavras duras que nunca sonharíamos em direcionar para outras pessoas.

Comece a se tratar como se fosse um amigo ou um ente querido. Seja gentil com você mesma, especialmente quando estiver sofrendo de medo, ansiedade ou dor. Dê a si mesma encorajamento e celebre seus melhores momentos.

 

Seja autêntica

Nos causamos dor e sofrimento quando sufocamos nossa verdadeira natureza e ignoramos nossos desejos e sonhos para nos adequarmos e atender às expectativas dos outros.

Você é um ser humano sem precedentes e único. Nunca mais haverá alguém como você, e você está aqui para dar ao mundo sua própria mistura especial de paixões, interesses e peculiaridades. Permitir-se mostrar ao mundo o seu verdadeiro é uma das coisas mais poderosas que você pode fazer, e pode enriquecer profundamente seu relacionamento consigo mesma.

 

Pratique gratidão por si e pelo seu corpo

Em vez de se concentrar no que você acredita estar “errado” com você, concentre-se em todas as coisas incríveis que você tem a oferecer. A energia flui para onde a atenção vai, então, quanto mais você mudar sua percepção em direção aos seus atributos positivos, mais deles você descobrirá.

Trate o seu corpo como um templo. Ame-o, divirta-se com ele, cuide dele e sinta apreço por todas as coisas maravilhosas que ele permite que você faça, mas não invista sua autoestima em sua aparência. Você não é um corpo, você tem um corpo – você é uma alma.

 

Não busque a perfeição

A verdade é que somos todos humanos, falhos e propensos a cometer erros enquanto navegamos pelo mundo e aprendemos e crescemos a partir de nossas experiências.

Você não é a única que se sente vulnerável, insegura e autocrítica às vezes. Estamos todos lutando contra nossos próprios demônios e tentando fazer o melhor possível. Se você lembrar que não precisa ser perfeita, tira a pressão de si mesma e não se sente mais tão isolada e sozinha.

 

 

Não se esqueça: o relacionamento mais importante que você deve ter sempre é com você mesma. Nada deve vir antes disso. Em um mundo que está sempre tentando nos dizer o contrário, você deve perceber que, quando está cultivando o amor próprio, está começando a construir um mundo totalmente novo. É uma revolução que começa dentro de você.

Então, o que você está esperando? Naturalmente, não é fácil obter amor próprio da noite para o dia, mas se construir sua autoestima pode lhe dar uma vida melhor, não vale a pena tentar?

 

E você, já se inscreveu no Workshop a Mulher a Lua e o Amor?

Não fique de fora!

 

Abraços,

Daniela Scaion Siyantia

Master Coach / Palestrante / Consultora Empresarial

 

Me siga no Instagram: @danielascaion_siyantia

Curta a Fan Page: https://www.facebook.com/danielascaion/

Se inscreva no canal do Youtube:  goo.gl/z9Ey16

Me siga Soundcloud: https://soundcloud.com/danielascaion

Dica de livro: O Monge e o Executivo

O livro narra a história de John Daily, um executivo bem sucedido, técnico voluntário de um time de beisebol, casado e pai de dois filhos. Desde o início de sua vida John se via perseguido por um nome: “Simeão”. De todos os fatos e coincidências, ele não compreendia porque, sempre ao longe dos anos, tinha o mesmo sonho que lhe transmitia a mesma mensagem: “Ache Simeão e ouça-o!”.

Após um movimento sindical em sua fábrica, as constantes reclamações de sua esposa e a insubordinação de seus filhos, John começa a ver que nem tudo estava como planejara. Diante disso sua esposa sugere que ele vá se aconselhar com o pastor de sua igreja, que o indica a participar de um retiro num pequeno e relativamente desconhecido mosteiro cristão chamado João da Cruz, localizado perto do lago Michigan.

Uma das coisas que despertou seu interesse foi o fato do lendário Len Hoffman, um ex-executivo, ser um dos frades do local. Apesar de sua resistência, o receio de perder sua família, decidiu ir. Ao chegar foi recepcionado por padre Peter, e ao indagar sobre a programação descobriu que Len Hoffman seria responsável pelo curso de liderança, porém o que mais lhe surpreendeu foi o nome que Len tinha recebido no mosteiro: “Simeão”.

Durante as aulas ministradas, o debate inicial foi sobre a diferença entre poder e autoridade, e o conceito de liderança. Na continuidade discutiram sobre o velho e o novo paradigma, como não ter o cliente como inimigo, mas como aliado. Foi colocada a questão dos modelos de liderança dos quais Len acredita que a autoridade sempre se estabelece ao servir aos outros e sacrificar-se por eles, e isso trouxe a reunião questionamentos sobre o ato de amar, que, na visão de um líder, deve ser traduzido pelo comportamento e pela escolha, na união do falar e do fazer, deixando de lado o sentimento.

Mais conhecido como Amor Ágape, a bondade, o respeito e a paciência são uma de suas principais características. Sinônimo de liderança, este conceito, aqui, significa o que você faz e não o que você sente, ou seja, você pode odiar uma pessoa mais pode agir com amor. Sobre o ambiente foi ressaltada a importância do bom cultivo para uma boa colheita, que só podemos colher os frutos que plantamos, e que no âmbito profissional o ambiente de trabalho tem que ser saudável para estimular os funcionários.

A prática ocorre quando um comportamento influencia nossos pensamentos e sentimentos. Quando nos comprometemos a amar alguém e a nos doar a quem servimos, e analisamos as nossas ações e comportamentos com esse compromisso, com o passar do tempo desenvolveremos sentimentos positivos por essa pessoa.

Exemplo: quando nos comprometemos a concentrar atenção, tempo, esforço e outros recursos em alguém ou algo durante certo tempo, começamos a desenvolver sentimentos pelo objeto de nossa atenção.

Na última reunião Len e o grupo conversaram sobre recompensas, após debaterem sobre o assunto chegaram à conclusão que a disciplina exigida para liderar com autoridade nos trará ganhos e benefícios, e que a recompensa da alegria é algo que traz satisfação interior e convicção de saber que você está verdadeiramente em sintonia com os princípios profundos e permanentes da vida.

Amar aos outros, doar-nos e liderar com autoridade nos força a quebrar nossos muros de egoísmo e ir ao encontro das pessoas. No livro “O monge e executivo” o autor James C. Hunter nos mostra todos os requisitos para nos tornarmos um líder ideal. Quando tentamos trazer à memória os líderes que nos marcaram, tanto sociais como empresariais, nos deparamos em pessoas que tinham ou tem algo cativante, diferente. O autor expressa em um texto fluido e emocionante este algo mais.

Embora existam múltiplas definições para a liderança, é possível encontrar dois elementos comuns em todas elas: por um lado é um fenômeno de grupo e, por outro, envolve um conjunto de influências interpessoais, exercidas num determinado contexto através de um processo de comunicação humana com vista à conquista de determinados objetivos específicos.

As funções de liderança incluem, portanto, todas as atividades de influenciação de pessoas, ou seja, que geram a motivação necessária para pôr em prática o propósito definido pela estratégia e estruturado nas funções executivas.

Nos momentos de reflexão do texto nos deparamos em discussões que nos faz refletir a diferença entre poder e autoridade, sobre o amor, sentimento ou comportamento, as influencias do meio e nossas escolhas nos negócios e na vida. Assim entendemos que o líder de hoje é muito diferente do de antigamente, pois ele deve ser muito mais um sábio do que um técnico, deve acompanhar todas as mudanças.

Além disso, antes o bom Líder era aquele que sabia mandar, e hoje ele deve saber compartilhar e investir nas pessoas para que elas dêem o melhor de si mesmas. Qualquer um pode tornar-se um líder, basta ter as ferramentas certas e muita determinação.

Espero que tenha gostado da dica de leitura.

Se algo tem lhe impedido de tornar-se um líder, agende uma sessão gratuita:

 (16) 991877408 – WhatsApp

contatodanielascaion@gmail.com

 

Beijos, Daniela Scaion.

Master Coach

 

Me siga no Instagram: @danielascaion_siyantia

Curta a Fan Page: https://www.facebook.com/danielascaion/

Se inscreva no canal do Youtube:  goo.gl/z9Ey16

Me siga Soundcloud: https://soundcloud.com/danielascaion

Assertividade é uma Atitude muito Importante!!!!

Olá,
Boa tarde,
É fácil perceber quando uma pessoa age de forma não assertiva.
As vezes sendo agressivo demais, ou muito passivo… ou de forma manipuladora…
O que poucas pessoas sabem é que a assertividade é um comportamento, uma atitude…e você pode ser assertivo quando estiver consciente de suas ações.
A assertividade é uma estratégia de comunicação que se encontra como ponto de intermédio entre dois comportamentos opostos: a agressividade, e a passividade ou a não assertividade.
O Sujeito assertivo não agride, não se ofende, nem desrespeita…mas também não se submete a vontade de outras pessoas; em contrapartida exprime suas convicções e defende seus direitos.
Está estratégia comunicacional está vinculada a autoestima e faz parte de um processo de desenvolvimento emocional.

Fiz uma video bem curtinho, acesse este link e se gostou deixe aqui seu comentário. Vou ficar feliz com sua contribuição….

Assertividade é um comportamento, uma atitude…e você pode ser assertivo quando estiver consciente de suas ações.A assertividade é uma estratégia de comunicação que se encontra como ponto de intermédio entre dois comportamentos opostos: a agressividade, e a passividade ou a não assertividade. O Sujeito assertivo não agride, não se ofende, nem desrespeita…mas também não se submete a vontade de outras pessoas; em contrapartida exprime suas convicções e defende seus direitos. Está estratégia comunicacional está vinculada a autoestima e faz parte de um processo de desenvolvimento emocional. #coaching #liderança #sejasuamelhorversao #condorblanco #autolideranca

Publicado por Daniela Scaion Siyantia em Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Um beijo,
Daniela Scaion

Como se conectar com seu propósito de vida?

Quando se está conectado com o seu propósito de vida, não resta mais medo ou dúvida, pois você sabe quem é e para onde vai.

Continuamente estamos em busca de realizações, de alcançar aquilo que verdadeiramente faz sentido em nossa vida, mas sofremos muito por muitas vezes não saber o que verdadeiramente nos torna realizados.

É como que um paradoxo, buscamos a realização sem ao menos ter ideia do que nos realiza. E com isso gastamos muita energia nessa busca para tentar viver uma vida plena e realizada. Tentamos nos conectar com a nossa essência e quase sempre falhamos porque não gastamos tempo nos conhecendo.

Queremos respostas prontas, soluções imediatas para resolver os nossos conflitos internos, e isso nos leva a mais frustração, pois é muito doloroso você esperar por que algo aconteça e esse algo nunca acontece.

Como iniciar a jornada de autoconhecimento e alcançar o seu propósito de vida.

Um ser humano é muito mais do que aquilo que falaram para ele que ele era. Nome, idade, data de nascimento, quem são seus pais, e até seu grau de escolaridade e profissão.

Nada disso define quem você é em sua essência, e você sabe disso, por isso vive insatisfeito com seu atual estado, pois lá no fundo você reconhece que é muito mais do que vê em si mesmo. E além disso você tem consciência de que existe um potencial ilimitado dentro de você e que o faz sonhar, planejar, vivenciar, construir e usufruir de tudo que é proporcionado a você.

Somos nós que criamos os nossos próprios malefícios, como o ódio, a falta de compreensão que temos diante do nosso próximo. Colocamos a culpa nos pais, no mundo, mas raramente nos colocamos como parte do problema. Para encontrar o nosso propósito de vida no mundo precisamos começar por nós mesmos. A intenção deve ser a de compreendermos a nós mesmos. Importa compreendermos que essa obrigação é nossa.

O autoconhecimento é o começo da sabedoria e, por conseguinte o começo da transformação. Para compreendermos a nós mesmos é necessário a intenção de compreender, é onde mora nossa dificuldade. Embora muitas vezes estejamos descontentes, quase todos nós desejamos encontrar nosso propósito de vida.

Enquanto não tivermos essa intenção de descobrir, de investigar profundamente a nossa vida, ficaremos perdidos sem encontrar o nosso propósito de vida. E para nos transformarmos e ter nosso propósito de vida bem claro diante de nós é essencial o autoconhecimento.

E dessa forma investigativa conhecendo e reconhecendo quem somos de fato podemos ter um encontro com nosso verdadeiro EU, e assim não haverá empecilhos para realizações.

Aprender a dizer não, seria uma das virtudes mais nobres do ser humano, elá implica auto controle, temperança e determinação, pois em muitos casos não é nada fácil você dizer não. Quando você aprende a dizer não o desgaste de energia é bem menor, tanto para um convite quanto para um desejo ruim. Ou seguimos em frente dizendo sim ou cortamos a raiz imediatamente. Esse é um método muito poderoso para você continuar focado no seu propósito de vida, talvez se ainda não descobriu é porque ainda precisa dizer alguns nãos.

Pare por um tempo e observe a sua volta o que não faz mais sentido na sua vida e que você sente que é hora de dizer chega. Não procrastine as mudanças, por isso muitos de nós paramos no tempo, deixando para depois algo que poderíamos fazer agora. Aja e colha os resultados logo!

Talvez você desconheça o potencial que existe dentro de você. Você é mais forte do que imagina.

Você pode operar as mudanças que quiser e se tornar a pessoa que desejar, mas para isso você precisa descobrir o potencial que existe dentro de você. Se você ainda não descobriu a sua força irá continuar estagnado se achando um fraco ou inútil.

Diante de algumas coisas que não vemos é necessário de fé. Fé é começar algo com a certeza de que vai dar certo mesmo sem está vendo nada ainda. Você iniciará sua jornada sem ver os resultados futuros, mas com energia para atravessar qualquer obstáculo, pois agora você tem a convicção que tem força suficiente para superar os desafios e atingir seus objetivos.

O sucesso nunca acontece por acaso, é um jogo para poucos pois poucos conhecem o seu potencial, poucos vão atrás de gastar tempo descobrindo-se. E se tivermos consciência de quem realmente somos e o poder que reside dentro de nós, jamais ficaríamos a mercê da vida sem desfrutar do nosso propósito de vida. Depois que seu poder é liberado nada mais pode te PARAR.

Jamais pare. Jamais desista. Você nasceu para crescer sempre!

Reflita como você pode assumir agora mesmo o controle da sua vida. Você é mais do que você mesmo imagina!

Nós confundimos prazer com alegria constantemente, por isso trocamos valores e arruinamos o nosso futuro. Então o que você precisa para se conectar com o seu propósito de vida é desabrochar o seu verdadeiro potencial. Seja um propósito de vida espiritual, emocional ou simplesmente profissional.

– Como iniciar a jornada de autoconhecimento, ter um encontro com seu verdadeiro EU e alcançar o seu propósito de vida;

– Conhecer a si mesmo é uma habilidade para poucos, um fator indispensável;

– Aprender a dizer não e eliminar o que não faz mais sentido na sua vida;

– Focar no que verdadeiramente importa, ter foco e disciplina para desenvolver as habilidades e gerir com mais consistência as circunstancias da vida.

Sem falar no nível de stress que será reduzido e a paz interior que você irá usufruir quando passar a focar verdadeiramente naquilo que importa para você.

E entendendo o potencial que existe dentro de você será capaz de criar uma realidade totalmente diferenciada da que vive hoje, com mais poder para mudar o que precisa ser mudado e mais consistência para superar os obstáculos.

Nada mais pode lhe parar, você é mais forte do que imagina!

 

O que tem lhe impedido de alcançar o seu propósito de vida?

Agende uma sessão gratuita:

 (16) 991877408 – WhatsApp

contatodanielascaion@gmail.com

 

Beijos, Daniela Scaion.

Master Coach

 

Me siga no Instagram: @danielascaion_siyantia

Curta a Fan Page: https://www.facebook.com/danielascaion/

Se inscreva no canal do Youtube:  goo.gl/z9Ey16

Me siga Soundcloud: https://soundcloud.com/danielascaion

Os benefícios do Coaching na dúvida de que profissão escolher.

O momento de escolha profissional é cercado de pressões e dúvidas. Antes do vestibular, portanto, a cabeça do estudante fica cheia de questionamentos. Afinal, o que deve ser levado em conta? Ele deve seguir sua vocação ou pensar nas profissões em alta no mercado? É melhor escolher uma carreira que garanta um bom salário ou correr atrás de sua realização pessoal?

Na realidade, o verdadeiro problema parece morar na crença de que a decisão profissional deve ser definitiva, irreversível. Mas esse pensamento só aumenta a carga de insegurança sobre os jovens, impedindo-os de enxergar a situação com a clareza necessária.

Também vem sofrendo com todas essas angústias? Então aqui vai a primeira boa notícia: se você quiser, é sim possível mudar de carreira! Para isso, o ideal é investir em formas de realmente acertar de primeira na decisão. Pense em como seu sucesso pode chegar mais rápido se você souber exatamente que passos seguir para alcançar seus objetivos!

O detalhe é que esse caminho para o sucesso começa justamente pela melhor opção por um curso de graduação. Uma escolha consciente poupa tempo e recursos, além de garantir sua tranquilidade!

QUAL A SOLUÇÃO PARA A ESCOLHA CERTEIRA DA PROFISSÃO?

Para ajudá-lo nessa tarefa, existe hoje no mercado um grande aliado: o coaching para escolha da profissão. O coaching é uma metodologia de desenvolvimento (pessoal ou profissional) que teve início no meio esportivo, passando a ser aplicada também no campo das relações humanas e profissionais.

É uma relação de parceria entre o técnico e seu cliente — coach e coachee. Esse profissional ajuda a revelar e libertar o potencial do cliente para maximizar seu desempenho e permitir que alcance os resultados desejados, em qualquer âmbito da sua vida.

COMO O COACHING PODE AJUDAR NA ESCOLHA DA PROFISSÃO?

Não é fácil tomar uma decisão em relação à vida profissional, mas há sim um caminho mais propenso a levá-lo a uma escolha mais acertada. O primeiro passo é buscar conhecer a si mesmo: personalidade, aptidões, gostos, pontos fortes e fracos, entre outros.

É indispensável se informar sobre as opções de trabalho disponíveis no mercado, procurando saber quais são as expectativas de carreira para cada uma delas. Com isso, fica muito mais fácil encontrar uma correspondência entre suas características pessoais e os requisitos essenciais para o exercício da profissão que você tem em mente.

Levando em consideração que o conhecimento da maioria dos jovens sobre o mercado das profissões não é dos mais vastos, definitivamente vale a pena contar com o coaching. Esse profissional tem como objetivo guiá-lo, levando-o a tomar uma decisão baseada na realidade com maiores chances de acerto.

O coaching ajuda o jovem a conhecer e analisar os aspectos internos e externos que servirão de alicerce para a tomada de uma decisão profissional madura. São eles:

1- Desenvolver o autoconhecimento

Conhecer-se a si mesmo consiste em descobrir quais são seus valores, suas motivações, forças e fraquezas, habilidades e competências.

2- Conhecer as influências externas

Influenciado pela família ou pela sociedade, o jovem pode acreditar que uma determinada profissão é a melhor alternativa para sua vida, sem ao menos considerar outras possibilidades. Ter consciência de que essas influências existem é a única maneira de garantir que sua decisão seja tomada com base em quem você realmente é e não no que os outros esperam que você seja.

3- Avaliar a consistência das preferências vocacionais

Avaliar a consistência do que o coachee aponta como suas vocações é acompanhar a evolução do interesse por determinadas profissões ou áreas em um certo espaço de tempo. Isso dá ao coach a certeza de que esse interesse não é só coisa de momento ou fruto de alguma influência externa.

4- Investigar sobre opções de carreira

Nessa etapa do processo de coaching, serão exploradas as possibilidades de atuação profissional disponíveis em uma determinada área e quais são os requisitos para alcançar o sucesso de acordo com a escolha do coachee.

5- Ficar por dentro do cenário econômico do país

Estar por dentro do que se passa na economia do país permite que o jovem conheça o lugar da sua profissão no mercado, seu potencial de crescimento ou queda, as perspectivas de remuneração, entre outras informações que poderão impactar sua escolha.

 

Agende uma visita sem compromisso e esclareça todas as suas dúvidas e como o Coaching  pode te ajudar na escolha da profissão.

  •  (16) 991877408 – WhatsApp
  • contatodanielascaion@gmail.com

 

Beijos, Daniela Scaion.

Master Coach

 

Me siga no Instagram: @danielascaion_siyantia

Curta a Fan Page: https://www.facebook.com/danielascaion/

Se inscreva no canal do Youtube:  goo.gl/z9Ey16

Me siga Soundcloud: https://soundcloud.com/danielascaion